Energia limpa e sustentável

Seguimentos que atuamos

Atuamos nos mais diversos seguimentos de energia solar, confira abaixo alguns dos principais.

SOLICITE UMA AVALIAÇÃO DE VIABILIDADE

Saiba mais

Energia Solar

Energia solar é um termo que se refere à energia proveniente da luz e do calor do Sol. É utilizada por meio de diferentes tecnologias em constante evolução, como o aquecimento solar, a energia solar fotovoltaica, a energia heliotérmica, a arquitetura solar e a fotossíntese artificial.

A energia solar é sustentável porque sua matéria prima é originada da natureza

Principais dúvidas sobre a energia solar

Isso depende de vários fatores como o consumo de energia, a potência do painel, localidade, orientação e inclinação do painel, temperatura, dentre outros. Lembre-se, o ideal é sempre consultar um técnico de sua confiança para optar pelo sistema mais indicado para atender sua necessidade.

Estudos apontam, que em média, desde que sejam feitas as corretas manutenções, um sistema fotovoltaico conectado à rede tem uma vida útil de 30 a 40 anos.

Entre os principais benefícios na geração de energia solar, destacam-se:

A energia depende de uma fonte inesgotável e gratuita – o Sol;

O Brasil tem ótimo índice de irradiação solar e é viável em praticamente todo o território;

Redução de perdas por transmissão e distribuição de energia, já que a eletricidade é consumida onde é produzida;

Baixo impacto ambiental, já que a produção de energia fotovoltaica não gera emissão de gases de efeito estufa;

Rápida instalação devido à sua grande modularidade e baixo custo de manutenção;

Excelente recurso para locais de difícil acesso ou fora das redes de energia instalados. Por exemplo, vilas ou casas situadas em pontos isolados e com baixas densidades demográficas.

W (Watt) é uma unidade de medida para potência (equivalente a um Joule por segundo);

Wh (Watt-hora) é uma unidade de medida de energia gerada. Ex: Um equipamento elétrico de 20 W de potência ligado por 3 horas equivale a 60 Wh (20 x 3);

Wp (Watt-pico) é a unidade de medida utilizada para os painéis fotovoltaicos. Essa medida apresenta potência máxima que um painel pode fornecer em condições ideais, reproduzidas em laboratório;

kWh (quilo-Watt-hora) é a unidade de medida de energia, da conta de luz. O “k” corresponde a 1000, ou seja 1 kWh se refere a 1000 Wh.

Não. A legislação brasileira permite apenas a compensação de energia, quando a produção for maior que o consumo em um mês gera créditos a serem utilizados em outro período (até 60 meses) na mesma unidade consumidora ou em outra pertencente ao mesmo CPF ou CNPJ, dentro da mesma concessionária.

Em geral não, é possível aproveitar a fiação elétrica já existente da sua casa ou empresa, bem como o seu telhado ou laje para fixação dos painéis, em alguns casos pode haver a necessidade de reforçar a estrutura do telhado para suportar o peso das placas.

O processo de geração da energia ocorre com a incidência de irradiação solar, portanto a energia gerada durante o dia poderá ser armazenada em baterias ou lançada na rede da distribuidora e utilizada durante a noite. 

Os sistemas podem ser para aquecimento (térmicos) ou os chamados fotovoltaicos (para geração de energia elétrica). A energia solar térmica é utilizada para aquecimento de ambientes ou processos industriais e aquecimento de água. Já o sistema fotovoltaico gera energia elétrica que pode substituir o uso de energia proveniente das concessionárias de energia. 

Sim, o Brasil apresenta grande potencial de geração de energia solar. Segundo o Atlas Brasileiro de Energia Solar, a incidência de raios solares no país é cerca de 40% superior à da região mais ensolarada da Alemanha, que é um dos líderes no uso da energia solar fotovoltaica (FV).

Estes dois termos se referem à ligação, ou não, do seu sistema de geração de energia solar à rede de distribuição de energia elétrica de sua região.

On-grid: é o nome dado a um sistema que funciona conectado à rede elétrica, dispensando baterias de armazenamento.

Off-grid: é o nome dado a um sistema que funciona desconectado da rede elétrica, dependendo de baterias para funcionar adequadamente.

O funcionamento do sistema se dá durante o dia, portanto, a energia gerada durante o dia acima do seu consumo, será direcionada para a rede da distribuidora e convertida em créditos para abater no uso de energia durante o período noturno.

O mais comum é instalar o sistema no telhado de edificações porque ocupa uma área que não seria utilizada para outro fim e reduz os riscos de sombreamento no sistema. Ao instalá-los sobre o telhado, você tem ainda a vantagem de poder utilizar a instalação elétrica da edificação como interface entre o gerador solar e a rede elétrica pública.

O projeto de instalação e de conexão à rede de um micro ou minigerador fotovoltaico deve ser realizado por uma empresa com experiência comprovada nessa área.

Nós desenvolvemos o projeto elétrico e acompanhamos todo o processo de aprovação junto à concessionária local, obtendo todas as aprovações necessárias para a instalação do sistema, além de emitir o ART (Anotação de Responsabilidade Técnica). Com profissionais extremamente qualificados, instalamos o seu sistema fotovoltaico e garantimos a conexão à rede elétrica.
É rápido, seguro e mais: trabalhamos com os melhores fornecedores para atender aos mais diversos projetos para a instalação de sistemas que geram economia desde a primeira conta e ainda possuem 25 anos de garantia de geração de energia.